A segurança e o Vidro Temperado

Também conhecido como “vidro de segurança”, o vidro temperado é famoso por ser muito mais resistente que o vidro comum, além de estilhaçar em pequenos pedaços em caso de quebra. Mas como e por que ele fica dessa maneira? Deixa que a Sulglass te explica! 

Vidro temperado em guarda corpo

O que é o Vidro Temperado?

O vidro temperado nada mais é que um vidro comum que passa pelo processo de têmpera. Esse procedimento consiste no aquecimento do vidro a temperaturas na casa dos 620°C, muito acima do ponto de fusão (564°C), o que o torna maleável reduz a pressão da superfície. O vidro é então rapidamente resfriado por jatos de ar frio, criando um choque térmico. 

Esses jatos resfriam a superfície, que é rapidamente solidificada, e comprime o interior do vidro, ainda quente. Isso aumenta a tensão na superfície do vidro, e é justamente essa tensão superficial que confere a resistência ao Vidro temperado! 

Além da resistência elevada, a tensão interna faz com que os estilhaços se tornem pequenos e pouco cortantes. Isso torna o vidro temperado ideal para utilização onde a segurança humana é uma preocupação!

No Brasil, a ABNT possui normativas de produção que garantem a qualidade do vidro temperado. Infelizmente, somente 20% das indústrias de vidro nacionais seguem as regras de fabricação. Para ter a certeza de uma têmpera de qualidade que garanta a segurança da sua obra, a Sulglass possui certificação nacional por seguir à risca todas as normas ABNT!

Os estilhaços de vidro temperado são pequenos e pouco cortantes! 

A origem

Descobertas de itens decorativos em tumbas egípcias mostram que o vidro acompanha a história humana há pelo menos 4.000 anos. Mas a história do vidro temperado é muito mais recente. Apesar de não ser possível afirmar com exatidão o início da prática, o primeiro registro de patente sobre a Têmpera foi realizada pelo francês Francois Barthelemy Alfred Royer de la Bastie (até procuramos, mas o rapaz não tinha nenhum apelido menor) no ano de 1874

Desde então, o vidro temperado avançou de mãos dadas com a tecnologia, e foram surgindo novas maneiras de realizar a têmpera de maneira mais eficaz e que tornam o material ainda mais resistente.

Se tem gente passando perto, o vidro temperado é uma necessidade! 

Mas nem tudo são flores…

Apesar de todas as vantagens que o vidro temperado oferece, sua pressão interna é um problema para quem precisa cortar ou furar uma placa de vidro temperado. Como ela concentra a pressão na superfície do vidro, qualquer furo ou corte expõe a parte interna, e frágil, do vidro. O resultado? Estilhaços.

Por isso toda e qualquer modificação no vidro deve ser feita ANTES da têmpera. Assim o vidro já sai o processo pronto para instalação! 


COMPARTILHE ESSE post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0